Alonso, Cannavaro e Federer são candidatos ao Laureus

Michael Schumacher, Fernando Alonso, Roger Federer e Fabio Cannavaro, além de Asafa Powell, são candidatos de melhor do ano pelo Prêmio Laureus, considerado o ´Oscar´ do esporte. Todos têm grandes credenciais: o alemão Schumacher, heptacampeão da Fórmula 1, deixou as pistas no ano passado, após o bi de Alonso. Powell é o homem mais rápido do mundo - detém o recorde mundial nos 100 metros rasos, com um tempo de 9s77. Cannavaro foi eleito o melhor da Copa do Mundo e do ano de 2006 pela Fifa por sua atuação pela Itália. E o suíço Federer, por sua vez, ocupa o posto de número um do tênis mundial por nada menos que 161 semanas. Os candidatos ao prêmio, que acontece em 2 de abril no Palau Sant Jordi de Barcelona, foram anunciados nesta terça-feira pela Academia Laureus. Nenhum brasileiro figura entre os indicados. Entre as mulheres, concorrem a nadadora Laure Manaudou, as tenistas Maria Sharapova, Amélie Mauresmo e Justine Henin e a saltadora Yelena Isinbayeva e a heptatleta Carolina Kluft. Disputam o prêmio de melhor equipe a seleção neozelandesa de rugby, o Barcelona, a representação da Europa na Ryder Cup de Golfe, a seleção italiana de futebol, que levou a Copa de 2006, a escuderia Renault, atual bicampeã da Fórmula 1, e a seleção espanhola de basquete, vencedora do último Mundial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.