EFE
EFE

Alonso larga na pole e corrida promete surpresas

HOCKENHEIM - A previsão é dos pilotos que ficaram na primeira fila no grid, Fernando Alonso, da Ferrari, e Sebastian Vettel, da Red Bull, no Grande Prêmio da Alemanha: em razão da chuva de sexta-feira e do asfalto molhado também na definição da largada, ontem, em Hockenheim, ninguém sabe ao certo como os carros e os pneus vão se comportar hoje ao longo das 67 voltas da corrida. A previsão é de pista seca. "Não temos muitas referências do desgaste dos pneus", disse Alonso. "Ninguém andou com o tanque cheio até agora", comentou o bicampeão Vettel.

Lívio Orichio,

22 de julho de 2012 | 03h05

 

Esse cenário se assemelha ao do GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, há duas semanas. Por também não ter mais informações a respeito da degradação dos pneus, Alonso liderou até 6 voltas do fim, quando, já sem pneus, não teve como se defender do ataque de Mark Webber, da Red Bull, o vencedor. "É um pouco como jogar na loteria", definiu Vettel, embora prefira a pista seca. "Nosso carro sem chuva está muito rápido e consistente."

 

Alonso não tem preferência: "Usamos no mesmo dia pneus para chuva intensa, depois os intermediários e os de asfalto seco. A Ferrari aceitou bem todas as condições". Foi a segunda pole seguida do notável espanhol em classificações disputadas sob chuva e a 22.ª na carreira. Alonso lidera o Mundial com 129 pontos seguido por Webber, 116, e Vettel, 100. Webber ficou em terceiro, ontem, mas como teve de substituir o câmbio perdeu cinco posições no grid. O câmbio deve resistir a cinco GPs. Outros dois pilotos sofreram o mesmo tipo de punição: Romain Grosjean, Lotus, 20.º no grid, e Nico Rosberg, Mercedes, 22.º.

 

A dupla da McLaren, apesar de muito rápida no fim de semana, com a nova versão do modelo MP4/27, perdeu rendimento com a chuva no Q3. Assim, Button começa a prova hoje em sexto e Lewis Hamilton, em sétimo. Felipe Massa, da Ferrari, não passou do Q2 e sai em 14.º. Bruno Senna, da Williams, também, 15.º. O GP da Alemanha começa às 9 horas, com TV Globo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.