Alonso prolonga até 2016 o contrato com a Ferrari

Fernando Alonso estendeu seu contrato com a Ferrari até o fim de 2016. O compromisso terminaria em 2012. O fato de a equipe trabalhar ao seu redor, como aprecia e produz mais, e lhe oferecer nada menos de 100 milhões (R$ 231,2 milhões) pelo período pesou bastante. "Decidimos tudo nas últimas duas ou três semanas"", disse Alonso, com a maior naturalidade. Se for campeão do mundo nesses cinco anos, o valor, não oficial, cresce. "Os outros times têm altos e baixos. A Ferrari, quando vai mal, chega em segundo ou terceiro. Portanto aqui é o melhor lugar para tentar ser campeão mais vezes"", afirmou o espanhol.

Livio Oricchio, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2011 | 00h00

Para Felipe Massa, a notícia não é ruim. Ao garantir o piloto que a Ferrari acredita ser o que melhor pode representá-la no Mundial, a cobrança sobre o seu companheiro tende a ser menor.

Outro tema forte ontem, em Barcelona, foi a tentativa da FIA de proibir, depois de quatro etapas disputadas, os escapamentos aerodinâmicos. A entidade recuou depois da indignações geral de pilotos e engenheiros. Mas não desistiu de proibir o recurso. Por isso, o tema será discutido nos próximos dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.