Amaury Pasos ajuda jovem ginasta

A ginasta Jade Barbosa, de 13 anos, arrumou um padrinho e, com isso, poderá ir ao Pan-Americano Juvenil de El Salvador. Amaury Pasos, bicampeão mundial de basquete (1959 e 1963) e dono de duas medalhas olímpicas de bronze (1960 e 1964), decidiu bancar a viagem da atleta e da técnica Viviane Cardoso, do Flamengo. Além de Jade, Bruna Perandré da Costa, de 15 anos, e o técnico Vladimir Cheiko, do São Paulo/Guaru, terão suas viagens ao Pan pagas pela Prefeitura de Guarulhos.Cada viagem custará por volta de R$ 4 mil. São oito os ginastas classificados pelo Brasil, quatro em cada categoria, feminino e masculino, e mais quatro técnicos, o que somaria um investimento de R$ 48 mil. Mas a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) empregou sua cota de R$ 1,4 milhão dos recursos da Lei Agnelo/Piva de 2004 na seleção permanente que foi à Olimpíada de Atenas e não incluiu no planejamento da temporada o torneio juvenil. Por isso mesmo, transferiu para os clubes a responsabilidade de mandar a equipe para o Pan.Outra ginasta de Guarulhos, Maíra dos Santos e Silva, de 13 anos, terá sua viagem paga pelo empresário Ricardo Bufolin, fotógrafo apaixonado pela ginástica.Amaury Pasos afirmou que seria um absurdo deixar a garota fora do Pan. "Depois que li a história achei absurdo ela não ir e decidi ajudar, através da minha empresa (Esbelt). Não ganhei dinheiro diretamente, mas o esporte abriu portas para meus negócios. Acho que esportistas que ganharam dinheiro com esportes deveriam ajudar", revelou.Ainda estão sem patrocínio a ginasta Thaís Cevada de Almeida e toda a equipe masculina, que tem Caio Américo Costa, Luiz Augusto Lorini dos Anjos, Victor Rosas e Diego Hypólito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.