América recebe o Fluminense no Independência

lDepois de quatro temporadas fora da elite, o América-MG estreia hoje no Brasileiro diante do Fluminense no Independência. “Não vai ter um jogo que você possa dizer que seja fácil”, diz o técnico Givanildo Oliveira.

O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2016 | 09h10

A meta do time mineiro é terminar a competição entre os oito primeiros colocados na tabela e, para isso, os jogos em casa são fundamentais. “À medida que vão chegando mais contratações, vamos nos fortalecendo e quem sabe vamos lutar pelo primeiro lugar”, diz.

O América já acertou a contratação do atacante William Barbio e do lateral Hélder. O terceiro reforço garantido é o meia Juninho, que estava na Ferroviária e ainda fará exames médicos.

Atual vice-campeão brasileiro com o Atlético-MG, o técnico Levir Culpi afirma que a regularidade é imprescindível para o time brigar pelo título. Empolgado com a vitória por 3 a 0 sobre a Ferroviária pela Copa do Brasil, o time deve atacar, mesmo fora de casa.

O ataque deve ser formado por Richarlisson e Fred, curiosamente formados nas categorias de base do América.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.