Americana perde o gás. Oeste e Ponte sobem na tabela

Depois de um começo de campeonato irretocável, o Americana parece estar perdendo o gás. Derrotado ontem por 1 a 0 pelo Mogi Mirim, o time passou a se segurar na última vaga do G-8, com 16 pontos. Essa foi a primeira vitória do Mogi em fevereiro. Roberto Jacaré marcou o gol.

, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2011 | 00h00

Já com a Ponte Preta e com o Oeste, de Itápolis, ocorre o contrário. Os dois times vem subindo de produção e, com bons resultados, avançam na classificação.

O Oeste venceu, ontem à tarde, o Linense por 1 a 0, com um gol de Anselmo Ramon, e completou cinco partidas sem saber o que é derrota. Com mais esse triunfo, pulou para o 7º lugar, com 17 pontos. Já o adversário vive uma situação totalmente oposta: o Linense não vence há cinco rodadas e, com 6 pontos, acostumou-se com a zona do rebaixamento.

Uma posição acima do Oeste encontra-se a Ponte Preta, que passou a somar 18 pontos, após bater o Santo André, fora de casa, por 2 a 0, gols de Renatinho e Everton Santos. A equipe de Campinas não conhece o gosto de uma derrota desde a segunda rodada, quando foi batida, em casa, pelo Mogi Mirim por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.