''Amigos vieram de tão longe. Estamos muito felizes''

Confúcio influencia a cultura e a educação chinesas há mais de 2.500 anos. Inevitável, portanto, que haja referência ao filósofo, na festa de abertura da Olimpíada, daqui a oito dias. No quinto ensaio geral para a cerimônia, feito ontem à noite, os convidados especiais do Comitê Organizador que estiveram no Ninho de Pássaros, o Estádio Olímpico, ouviram cantores darem as boas-vindas aos participantes com uma frase do mestre: "Amigos vieram de tão longe, estamos muito felizes."Alegria e receptividade são alguns dos sentimentos que a China pretende mostrar ao mundo na solenidade - por enquanto, guardada a sete chaves. Ou quase isso. Muitos jornalistas tiveram acesso ao ensaio de ontem, com a recomendação de que não fossem divulgadas imagens em movimento do que ocorria dentro da arena. Uma tevê da Coréia do Sul, no entanto, rompeu o acordo e colocou no ar 3 segundos de cenas.Os responsáveis pela festa têm obsessão pela perfeição - até nos detalhes. E tudo tem sido cuidado, do figurino aos fogos de artifício, da distribuição das autoridades nas tribunas à colocação das delegações no gramado. Temem, por enquanto, apenas a natureza, já que a chuva, comum nesta época do ano, desponta como a grande ?inimiga?. Receio com fundamento, pois ontem ela deu o ar da graça no meio da movimentação, embora não tenha prejudicado os efeitos visuais programados há mais de um ano. Resta um consolo: a previsão para as 20h08 da sexta-feira, dia 8, é de tempo bom nas duas horas de espetáculo, entre entrada dos artistas, desfile de delegações e cumprimento de protocolo oficial. O céu vai colaborar.Dentro da programação, os primeiros a entrar em cena serão 2008 jovens com tambores. Por volta das 19h40, eles atuarão como uma comissão de frente, que recepcionará todos os convidados da festa. Em seguida, cantam músicas de boas-vindas, com a frase de Confúcio, para marcar a parte final da contagem regressiva para a abertura dos Jogos Olímpicos. Mulheres penduras em cabos sobrevoarão o estádio, um globo azul se transformará em mapa-múndi e às 20h08 garotos com trajes tradicionais entrarão em campo com a bandeira da China.Não faltarão alusões à história do país, ao folclore, à integração com o Ocidente (que começou, no século XIII com o mercador italiano Marco Polo), a grandes personagens locais. Haverá até pequena participação do "Grupo de Danças e Cantares de Macau", como evocação da presença portuguesa. As delegações começam a desfilar depois das 21 horas. Quando todas tiverem passado pelo palanque principal, Liu Qui, presidente do Comitê Organizador, e o belga Jacques Rogge vão declarar aberta a Olimpíada. Que vai até o dia 24.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.