Ana Cláudia e Franciela vão à semi dos 100m no Mundial

Com tempos muito próximos aos melhores de suas carreiras, brasileiras estão classificadas

AMANDA ROMANELLI - Enviada especial, Agência Estado

11 de agosto de 2013 | 09h21

MOSCOU - Ana Cláudia Lemos e Franciela Krasucki voaram nas eliminatórias dos 100 metros do Mundial de Atletismo de Moscou, na madrugada deste domingo. Com tempos muito próximos aos melhores de suas carreiras, as brasileiras estão classificadas para a semifinal desta segunda-feira. A briga por uma vaga na decisão será às 12h35 (de Brasília) e a final, às 14h50.

Ana Cláudia superou as eliminatórias com o quarto melhor tempo, 11s08, apenas três centésimos acima do recorde continental que estabeleceu no GP de Belém, em maio. O clima em Moscou - quente e úmido - tem animado a velocista.

"Adoro! Para mim o clima está ótimo, eu não mudaria nada", brincou. Para a segunda-feira, a meta da brasileira é chegar o mais próximo possível dos 10 segundos, meta estipulada desde o início da temporada. "Espero que (o sub-11) saia, porque trabalhei muito para isso. Quero fazer o meu melhor resultado. Ir à final é difícil, mas não impossível."

Franciela Krasucki fez o terceiro melhor tempo da carreira, 11s17, quatro centésimos acima de seu recorde pessoal. Ela foi a segunda da bateria que teve Shelly-Ann Fraser-Price, bicampeã olímpica da prova. "Tenho uma admiração muito grande por ela e correr na mesma bateria é um grande prazer. Ainda mais correndo tão perto", disse, a respeito da posição e do tempo da jamaicana, que fez 11s05.

Tal como Ana Cláudia, Franciela vai para a semifinal pensando em fazer o melhor tempo de sua vida. "Quero correr abaixo de minha melhor marca. Para ir à final, tenho que correr perto dos 11s. Tenho como fazer, só preciso me concentrar e fazer minha prova", afirmou. "Vim para cá querendo dar um passo de cada vez. O primeiro já foi dado."

Nos 400 metros, a boa surpresa do dia foi o velocista gaúcho Anderson Henriques, que venceu sua bateria eliminatória com o tempo de 45s13, recorde pessoal. Ele disputa a semifinal nesta segunda, às 13h05.

"Estou muito bem preparado para essa competição. Estou fazendo marcas boas no treino e acredito no meu trabalho. Vou tentar fazer outra excelente prova como foi essa. Gostei muito", afirmou. Henriques teve o quarto melhor tempo das eliminatórias, vencidas pelo americano LaShawn Merritt, o único a correr na casa dos 44 segundos (44s92). O campeão olímpico e mundial, Kirani James, cravou 45s.

No arremesso do peso, Geisa Arcanjo, que foi sétima na Olimpíada de Londres, não conseguiu passar à final.

A repórter viaja a convite da IAAF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.