Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Ana Cláudia Lemos lidera a lista do Brasil no Sul-Americano de Atletismo

Equipe viajará com 79 atletas, sendo 41 homens e 38 mulheres, para disputa na Colômbia

AE, Agência Estado

28 de junho de 2013 | 16h30

SÃO PAULO - Cerca de um mês antes do Mundial de Moscou, o Brasil terá praticamente força máxima no Campeonato Sul-Americano de Atletismo, que vai acontecer entre 5 e 7 de julho em Cartagena, na Colômbia. Absolutamente favorita, a seleção brasileira viajará com 79 atletas, sendo 41 homens e 38 mulheres.

A equipe tem como um dos principais destaques Ana Cláudia Lemos, que vai competir nos 100m, 200m e no revezamento 4x100m. Nas provas individuais, terá como principal adversária Franciela Krasucki. Rosângela Santos e Evelyn dos Santos completam a equipe de revezamento.

No masculino, estão entre os destaques o fundista Solonei Silva, os saltadores Duda e Jefferson Sabino, além dos velocistas Bruno Lins e José Carlos Gomes Moreira, o Codó. "Vamos levar uma delegação grande e muito qualificada. A expectativa é obter bons resultados", comentou o presidente da CBAt, José Antonio Martins Fernandes.

Foram liberados do Sul-Americano atletas que optaram por disputar a Universíade, em Kazan (Rússia), durante o período, caso de Ronald Julião, por exemplo, e os que pediram autorização para competir no Circuito Europeu de Meetings. Se encaixam nesse caso Fabiana Murer e Augusto Dutra, do salto com vara.

O Sul-Americano é, para muitos, a última chance de obtenção de índices para o Mundial de Moscou. Isso porque a tomada de marcas só é possível até o próximo dia 14. Além disso, o atleta que for campeão sul-americano e tiver índice B da Iaaf também poderá disputar o Mundial de acordo com os critérios da CBAt.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.