Reprodução
Reprodução

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Ana Marcela Cunha recebe alta após cirurgia para retirar o baço

Nadadora descobriu que uma doença autoimune que afeta a produção de plaquetas sanguíneas

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2016 | 17h45

Ana Marcela Cunha recebeu alta hospitalar nesta terça-feira, três dias depois de passar por uma cirurgia em São Paulo para a retirada do baço. No início do ano, ela descobriu que uma doença autoimune afeta a produção de plaquetas sanguíneas. Encerrada a temporada internacional, ela passou por uma esplenectomia.

"Graças a Deus tive alta. Agora é voltar para casa e me recuperar!! Obrigada família por todo apoio que vocês me dão sempre! A todos que foram me visitar, que me mandaram mensagens, aos médicos, enfermeiros, a todos os funcionários do Hospital Nove de Julho (obrigado) pelo cuidado, carinho... O que não vão faltar são elogios!", escreveu Ana Marcela no Instagram. Na imagem, aparece usando o uniforme da natação dos Estados Unidos.

Desde que descobriu a doença, Ana Marcela vinha fazendo acompanhamento médico, ainda que isso não tenha afetado sua preparação para os Jogos do Rio. Na Olimpíada, ficou em 10.º lugar e deixou a Praia de Copacabana chorando, sem falar com a imprensa.

A retirada do baço não deve causar grande alteração na rotina esportiva da maratonista aquática. Ela fica mais vulnerável a infecções, mas isso pode ser compensado com vacinas. Além disso, o fígado assume parte da produção de anticorpos para proteger o organismo.

No fim de semana passado aconteceu a última etapa do Circuito Brasileiro, enquanto que a temporada internacional havia acabado uma semana antes. Assim, Ana Marcela deverá ficar de repouso apenas durante um período que já seria de férias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.