Mathieu Desnos
Mathieu Desnos

Ana Sátila avança em Mundial e garante vaga olímpica ao Brasil na canoagem slalom

Atleta assegurou sua ida à Olimpíada ao avançar à semifinal da prova do K1 feminino

Redação, Estadao Conteudo

26 de setembro de 2019 | 18h36

Ana Sátila conquistou nesta quinta-feira a primeira vaga do Brasil na canoagem slalom dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. A atleta assegurou sua ida à Olimpíada ao avançar à semifinal da prova do K1 feminino do Mundial da modalidade que está sendo realizado em La Seu d’Urgell, na Espanha.

A brasileira se classificou com facilidade para a próxima fase da competição, com o 12º melhor tempo das eliminatórias, sendo que nas semifinais estarão presentes 30 atletas representando 18 países lutando por vaga na decisão da prova, entre os quais o Japão, que já tem vaga assegurada nos Jogos Olímpicos por ser país-sede.

Ana Sátila garantiu o seu lugar em Tóquio-2020 pelo fato de que a Federação Internacional de Canoagem (ICF, na sigla em inglês) destinou para o Mundial 18 vagas olímpicas para o K1 feminino. Ou seja, todos os semifinalistas da prova vão aos Jogos, além da Rússia, que não foi à semifinal, mas teve o melhor desempenho das eliminatórias entre os países não classificados à próxima fase e ficou com a vaga aberta pelo Japão, que não participou do qualificatório por já ter lugar na Olimpíada como representante do país-sede.

"Eu não tenho palavras para descrever esse momento novamente de poder competir nos Jogos Olímpicos, eu gostaria de agradecer a todos que me apoiaram, agradecer a Foz do Iguaçu onde eu moro atualmente e Primavera do Leste onde iniciei minha carreira", afirmou a canoísta brasileira, que nesta sexta-feira disputará a prova do C1 do Mundial na Espanha.

Essa disputa também valerá classificação olímpica e, caso Ana Sátila se credencie para ir aos Jogos nesta prova, a Confederação Brasileira de Canoagem terá até 10 dias após o Mundial para definir de qual das duas vagas irá abdicar, pois um atleta só pode garantir uma única embarcação por país no Mundial. A vaga, no caso, é do Brasil, e para oficializar sua ida a Tóquio, a canoísta passará pela seletiva nacional em 2020.

TERCEIRA OLIMPÍADA

 Com a ida às semifinais do Mundial nesta quinta-feira, Ana Sátila garantiu participação em sua terceira Olimpíada, depois de ter ido aos Jogos de Londres-2012 e do Rio-2016. E nesta sexta-feira, além de Sátila, Pedro Gonçalves, Fábio Rodrigues e Guilherme Rodrigues estarão presentes nas disputas do K1 masculino, prova em que também estarão em jogo 18 vagas para Tóquio-2020.

Nesta quinta-feira, as brasileiras Omira Estacia e Marina Souza também participaram das eliminatórias do K1, mas não avançaram às semifinais. E nesta sexta elas voltam a competir ao lado de Ana Sátila nas classificatórias do C1.

Em outra disputa desta quinta, o brasileiro Charles Correa ficou muito perto de ir à semifinal da prova do C1 masculino. Por causa de uma diferença de tempo de 0.16s, ele terminou em 11º lugar na segunda descida das eliminatórias, fase em que buscava vaga na próxima fase depois de ter sido apenas o 34º colocado na primeira descida. Felipe Borges e Kauã Silva foram outros brasileiros eliminados neste classificatório.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.