Anderson Silva derrota japonês e mantém título do UFC

Brasileiro nocauteou Yushin Okami no segundo round e defendeu o cinturão nona vez consecutiva

ESPN,

28 de agosto de 2011 | 00h07

RIO - Mais uma vez, Anderson Silva mostrou a razão pela qual é considerado o melhor lutador peso-por-peso da atualidade. Com a HSBC Arena lotada, no Rio de Janeiro, o brasileiro nocauteou Yushin Okami no segundo round e defendeu o cinturão dos médios do UFC pela nona vez consecutiva, recorde absoluto na competição.

No primeiro round, muito respeito entre os dois atletas. Anderson, como sempre, estudou seu adversário, medindo a distância de envergadura e controlando o combate com jabs precisos. Okami conseguiu segurar o 'Spider' no clinch por alguns minutos, mas o "Pelé do MMA" acertou um belo chute alto na cabeça do japonês antes do gongo soar.

Anderson Silva iniciou o segundo round mais agressivo, pressionando Okami através de combinações de socos e chutes. Abusando da guarda baixa, o Spider levantou o público presente com sua rápida esquiva, deixando Yushin completamente perdido no duelo.

Faltando três minutos para acabar, Anderson conectou forte direto de direita em Okami, que sentiu o golpe e foi ao chão. Tranquilo, Silva aplicou mais alguns golpes no rosto do adversário até que o árbitro Herb Dean encerrou o duelo.

Com a vitória, Anderson Silva termina a noite com cartel de 31 triunfos e apenas 4 derrotas. Ainda por cima, deixou a Arena vingado, uma vez que Okami tinha "derrotado" o brasileiro por desclassificação em 2006, no Japão.

Tudo o que sabemos sobre:
Anderson SilvaYushin OkamiUFC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.