Instagram/Reprodução
Instagram/Reprodução

Anderson Silva se recupera, volta a treinar e anima Dana White

Ex-campeão dos médios do UFC, brasileiro está apto a retomar todas as atividades do mma

O Estado de S. Paulo

06 de maio de 2014 | 12h47

SÃO PAULO - Em recuperação desde o dia 28 de dezembro de 2013, quando sofreu grave lesão diante do norte-americano Chris Weidman, no UFC 168, o brasileiro Anderson Silva, 39, foi liberado por seu médico da clínica Kerlan-Jobe, em Los Angeles, para retomar suas atividades nas artes marciais mistas.

O ex-campeão dos médios e ainda detentor do maior número de defesas de cinturão, dez, quebrou a perna em um chute aplicado na altura do joelho de seu oponente, de forma chocante a fíbula e a tíbia esquerda se partiram ao meio e horrorizou a plateia que lotava o MGM Grand Casino, em Las Vegas.

Na primeira luta entre os dois, no UFC 162, Anderson Silva havia sido nocauteado com um cruzado no queixo, no segundo round da luta, após debochar de Weidman e apostar em uma estratégia de provocações bastante questionada.

Desde os primeiros dias de recuperação, o brasileiro passou a postar fotos de seu tratamento, desde os trabalhos de fisioterapia e trabalhos de reabilitação até momentos descontraídos com a família. A decisão de continuar lutando pelo UFC alegrou o presidente do Ultimate, Dana White.

O chefe da franquia já até cogitou a possibilidade de colocar o brasileiro em ação ainda neste ano, ou no início de 2015. "Ele pode ser a última luta deste ano, ou a primeira luta do ano que vem. Ele vai voltar em 2014 ou na primeira oportunidade em 2015. Fim de 2014 ou começo de 2015, é isso que eu disse - afirmou Dana ao site MMA Junkie.

Tudo o que sabemos sobre:
UFCAnderson SilvaDana White

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.