Andorra comemora vitória sobre pior seleção da Europa e fim de jejum de 12 anos

Depois de longos 12 anos, Andorra enfim encerrou seu jejum de vitórias. E isso só foi possível no duelo entre os dois piores times da Europa. Um duelo na neblina do Estádio Olímpico de Serravalle, casa de San Marino, o pequeno país encravado entre Espanha e França venceu por 2 a 0 os anfitriões, quarta-feira, dando fim ao incômodo tabu.

Estadao Conteudo

23 Fevereiro 2017 | 10h50

A última vitória de Andorra datava de 13 de outubro de 2004, sobre a Macedônia. Desde então, passaram-se 74 partidas. A situação de San Marino não era melhor. A única vitória da equipe aconteceu em abril de 2004. Desde então, foram 86 tropeços.

Um público de cerca de 5 mil pessoas compareceu ao Olímpico de Serravalle para ver o jogo que prometia acabar com o tabu para um dos times. Mas Ildefons Lima e Cristian Martínez, um em cada tempo, estragaram a festa dos donos da casa.

Nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, os dois times são sacos de pancada. San Marino perdeu da Irlanda do Norte (4 a 0), do Azerbaijão (1 a 0), da Noruega (4 a 1) e da Alemanha (8 a 0). Em março, pega a República Checa. Já Andorra foi batida por Letônia (1 a 0), Portugal (6 a 0), Suíça (2 a 1) e Hungria (4 a 0). O sonho é ganhar das Ilhas Faroe, em março.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.