André Brasil abre Mundial Paralímpico de Natação com sua 20ª medalha de ouro

Começou nesta segunda-feira e vai até domingo, em Glasgow (Escócia), o Campeonato Mundial Paralímpico de Natação. E o Brasil já largou muito bem na competição, com a conquista de três medalhas de ouro, com Daniel Dias (50m costas na classe S5), André Brasil (50m livre na classe S10) e no revezamento 4x50m livre misto.

Estadão Conteúdo

13 de julho de 2015 | 17h28

Para André Brasil, de 31 anos, a medalha nos 50m livre é a 20.ª da carreira em Campeonatos Mundiais. Na prova mais rápida da natação, ganhou o ouro pela quarta vez seguida, desta vez com o tempo de 23s20, ficando a apenas quatro centésimos do recorde mundial, dele mesmo. De qualquer forma, é o novo recorde do campeonato. Como comparação, em 2006, no seu primeiro Mundial, o ouro veio com 24s36.

André Brasil ainda vai nadar outras quatro provas no Mundial, na sua participação mais enxuta na competição. Outra estrela brasileira, Daniel Dias abriu o Mundial com duas de ouro, uma vez que também estava no revezamento misto. O nadador, que ganhou seis medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos de Londres, tem prevista a participação em sete provas no Mundial.

Após o Mundial de Glasgow, os brasileiros passam a focar os Jogos Parapan-Americanos, que começam em 7 de agosto, em Toronto. Há quatro anos, em Guadalajara, o Brasil ganhou 197 medalhas e liderou o quadro de medalhas. Só na natação foram 33 de ouro e 85 no total.

Tudo o que sabemos sobre:
natação paralímpicaAndré Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.