Divulgação
Divulgação

André Lima está livre, mas quer o exterior

SÃO PAULO - O Grêmio dispensou nesta quinta o atacante André Lima, um dos centroavantes que o técnico Luiz Felipe Scolari tem em seus planos para a próxima temporada . Mas, mesmo tendo de procurar um novo clube para 2012, o jogador deve recusar a proposta do Palmeiras.

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

30 de dezembro de 2011 | 03h05

Segundo Eduardo Uram, empresário do atleta, a tendência é que ele tente uma equipe de fora do País. "Eu diria que o Palmeiras não é o destino dele. Acho que pode ser uma coisa para o exterior", explica o procurador.

André Lima é sonho antigo de Felipão. Quando o clube queria se livrar do atacante Kleber e o Grêmio mostrou-se interessado, o treinador tentou promover uma troca entre ambos. Na época chegou a ser divulgado que André Lima não queria atuar no time paulista. "Aquilo foi um mal entendido", avisa Uram, confirmando o que Felipão havia dito. Apesar disso, Kleber acabou se transferindo para o Sul.

André Lima continuou no Grêmio e terminou o Campeonato Brasileiro como titular, marcando 15 gols na temporada. Mas a equipe gaúcha ficou com muitos atacantes no elenco - além do recém-contratado Marcelo Moreno, o clube tem ainda Júnior Viçosa, Leandro, Miralles, Brandão e Yuri Mamute. Então, Paulo Pelaipe, diretor executivo de futebol do Grêmio, comunicou ontem oficialmente a saída de André Lima.

Agora, Eduardo Uram espera o contato de clubes do exterior para encaminhar André Lima. Ele garante que até agora não foi procurado pelo Palmeiras, que não desistiu de ter um camisa 9 de peso no elenco. "Depois daquilo não aconteceu mais nada", afirma Uram, sobre o episódio da troca com o Gladiador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.