André tem atuação apagada e seguirá no banco no Estadual

O atacante André teve ontem a chance de mostrar a Dorival Júnior que tem espaço entre os Meninos da Vila, mas desperdiçou.

, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2010 | 00h00

Vice-artilheiro do time na temporada, com 17 gols (só está atrás de Neymar, com 21), o atacante não conseguiu sair da marcação do Guarani em Campinas e deve perder lugar no time para as finais do Campeonato Paulista, contra o Santo André.

Eficiente, mas com menos prestígio que os concorrentes, André perdeu lugar por questões táticas. Dorival Júnior anunciou que vai escalar o time com dois atacantes e, com Neymar e Robinho em alta, ele será o preterido. A atuação discreta na partida de ontem serviu para consolidar a escolha do treinador.

"Tenho de ser realista. Por mais que queira armar o time ofensivamente, tenho de ser frio e analisar os números. Em apenas dois jogos atuamos com três atacantes. Foi contra Palmeiras e São Paulo. Em 80, 90% dos jogos, o time teve três meias, com Arouca fazendo a proteção à frente da defesa, e foi com essa formação que alcançamos os melhores resultados", disse o técnico. / B.D. (COLABOROU SANCHES FILHO)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.