Anfitriã Polônia leva seu desespero a campo

A última rodada do Grupo A define hoje os dois primeiros classificados para as quartas de final da Eurocopa e tem como destaque o desespero de uma das anfitriãs, a Polônia, que precisa vencer para seguir adiante na competição que sedia. O time entra em campo às 15h45 contra a República Checa sabendo que só a vitória lhe interessa.

VARSÓVIA, O Estado de S.Paulo

16 de junho de 2012 | 03h08

Como os jogos são no mesmo horário, não será possível saber o resultado do outro jogo do grupo, entre a líder Rússia e a lanterna Grécia. Assim, a República Checa pode se classificar até com um empate, mas vai depender de que a Grécia não vença a Rússia.

O técnico polonês, Franciszek Smuda, ainda não definiu quem será o goleiro, já que Artur Szczesny, do Arsenal e uma das estrelas do time, já cumpriu um jogo de suspensão pela expulsão no jogo de estreia, contra a Grécia, mas seu substituto, Tyton, pegou um pênalti neste mesmo jogo, e tem a preferência do torcedor polonês.

Já a República Checa, com uma derrota contra a Rússia e uma vitória sobre a Grécia, espera para saber se Rosicky poderá estar em campo hoje.

Com a mão na vaga. A Rússia entra como líder e praticamente classificada diante da lanterna Grécia hoje, às 15h45. O time russo, com uma goleada na estreia e um empate no segundo jogo, se classifica até com empate.

Já os gregos precisam vencer e torcer por um empate entre Polônia e República Checa. Neste caso, os gregos levarão vantagem no saldo de gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.