Angola será base do Brasil em 2010

Ex-colônia portuguesa tem mais estrutura esportiva que outros candidatos, como Zimbábue e Moçambique

Luiz Antônio Prosperi e Sílvio Barsetti, O Estadao de S.Paulo

18 de junho de 2009 | 00h00

A pré-temporada da seleção brasileira antes da Copa do Mundo de 2010 já está quase definida: deve ser em Angola. Os contatos estão em curso e a preferência pelo país africano de língua portuguesa foi confirmada ao Estado por duas pessoas próximas ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira.A entidade, no entanto, não vai se pronunciar sobre o assunto por algumas razões. Uma delas é lógica: o time de Dunga, líder das Eliminatórias Sul-americanas, ainda precisa garantir vaga para o Mundial. A CBF também quer evitar desconforto entre os outros países que já manifestaram interesse formal em receber o Brasil dias antes do início da Copa. Além de Angola, concorrem como candidatas a abrigar a seleção pelo menos mais dois países : Zimbábue e Moçambique, outro cujo idioma oficial é o português.Antiga colônia de Portugal, Angola está na costa ocidental da África. Embora não faça fronteira com a África do Sul, é a favorita nessa disputa. O país tem a seu favor uma estrutura esportiva mais apropriada e que será posta em xeque em janeiro de 2010, quando vai ser a anfitriã da 27ª edição da Copa das Nações Africanas. Zimbábue e Moçambique nunca foram sede desse torneio.A decisão deve ser tomada dias depois da cada vez mais provável classificação da seleção e anunciada antes mesmo do fim das Eliminatórias. Para a Copa, todos os 32 participantes vão ter no mínimo 15 dias de preparação, conforme determina a Fifa. O Brasil tentará agrupar os jogadores com um pouco mais de antecedência, o que poderia totalizar 20 dias seguidos de trabalho até a estreia.É possível que antes de chegar ao continente africano, a equipe permaneça no País por alguns dias, a fim de criar uma identificação maior do torcedor brasileiro com a seleção. Ricardo Teixeira já disse isso mais de um vez, quase como uma mea-culpa para justificar o erro, reconhecido pela CBF, na fase inicial de preparação do time para o Mundial de 2006.Na época, a seleção passou vários dias em Weggis, na Suíça, com treinos abertos ao público e um clima de festa, o que atrapalhou a concentração dos atletas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.