Anoé Dias quer surpreender de novo na São Silvestre

Paraense ficou em terceiro lugar no ano passado e espera ficar novamente entre os líderes na prova deste ano

Agencia Estado

26 de dezembro de 2008 | 14h44

Se os adversários e até a imprensa se surpreenderam com o desempenho de Anoé dos Santos Dias no ano passado na São Silvestre, o próprio atleta paranaense, que reside e treina em Jardinópolis, na região de Ribeirão Preto (SP), sabia do seu potencial. Foi o terceiro colocado da prova (e décimo em 2006), atrás de dois quenianos. Neste ano, ele espera repetir a dose e ficar pelo menos entre os cinco melhores e no pódio. O brasileiro acredita que está um pouco mais bem preparado, mas procura demonstrar cautela. "São Silvestre é uma prova imprevisível", afirma Anoé.Pensando no sucesso na virada do ano pelas ruas de São Paulo, Anoé, aos 28 anos, fez um trabalho de base, de força, nos últimos três meses. "Foi um trabalho de academia, com rampa, voltado para resistência, e até tiros de velocidade na pista da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto", explica.Para não sofrer com o desgaste agora, ele fez uma pausa no meio da temporada e descansou a musculatura. Ex-lavrador, ele também treina resistência nos canaviais da região. Se fizer calor nessa prova, ele acredita que terá um desempenho melhor.A boa colocação em 2007 lhe rendeu o patrocínio da Aratrop, uma empresa do segmento químico para o setor sucroalcooleiro, de Jardinópolis, que possibilitou sua participação em várias provas de ruas pelo País. Hoje ele é o segundo no ranking brasileiro de corridas de rua da Confederação Brasileira de Atletismo.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoSão SilvestreAnoé Dias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.