Anoé treina de olho no pódio

Corredor de Jardinópolis acredita poder superar a terceira colocação na prova, conquistada na edição de 2007

Brás Henrique, O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2010 | 00h00

O paranaense Anoé dos Santos Dias, de 30 anos, que treina e mora em Jardinópolis, na região de Ribeirão Preto, espera repetir na sexta-feira o bom desempenho de 2007 na São Silvestre. Porém, quer uma posição melhor que o terceiro lugar conquistado naquela ocasião. "Estou confiante e acho que vai dar para surpreender de novo", avisa o corredor, que desde agosto programa e faz os próprios treinamentos.

Dias acredita que as condições climáticas de Jardinópolis o ajudam na preparação. "Existem bons percursos aqui, como canaviais, declives, terrenos irregulares, como se encontra na São Silvestre", comenta ele, que nos últimos três meses trabalhou visando apenas a prova. As últimas competições mais fortes foram em outubro, sendo terceiro na Corrida Internacional da Cidade de Manaus e quinto na Volta das Nações, em Campo Grande. Ele foi o melhor brasileiro nas duas provas, vencidas pelo queniano Joshua Kuprugut Kemei.

Cobrança. Agora, ele espera ter a chance de surpreender os quenianos, que dominam a principal prova do País. O último brasileiro a vencer foi Franck Caldeira, em 2006. Depois, a melhor colocação de um brasileiro foi de Dias, em 2007. E o resultado o ajudou. "Facilitou mais para conseguir patrocinador, tive reconhecimento, acreditaram mais em mim, mas também aumenta a cobrança", afirma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.