Kirstin Scholtz/WSL
Kirstin Scholtz/WSL

Antes de estrear em busca do bi, Medina curte sucesso na web

Surfista tem quase 2 milhões de seguidores no Instagram e sua popularidade não para de crescer nas redes sociais

PAULO FAVERO, O Estado de S. Paulo

27 de fevereiro de 2015 | 07h00

Prestes a estrear no Circuito Mundial de Surfe, Gabriel Medina colhe os frutos do sucesso em cima da prancha. Na caminhada do título mundial, ele triplicou o número de seguidores no Instagram e é o esportista brasileiro com mais fãs, sem contar as estrelas do futebol. Ele tem quase 2 milhões de adeptos e sua popularidade não para de crescer, apesar de não tratar as redes sociais como algo estratégico para sua carreira.

"Esse aumento no número de seguidores aconteceu do nada, de um dia para outro. É algo muito louco. Acho que as coisas na minha vida aumentaram em todos os quesitos e esse é um deles, o número de seguidores nas redes sociais. É maneiro ser reconhecido pelo seu trabalho e receber esse carinho da galera", diz o garoto, que inicia nesta sexta-feira sua busca pelo bicampeonato mundial de surfe.

A primeira etapa do ano, o Quiksilver Pro Gold Coast, vai começar às 18h (7h da manhã de sábado na Austrália) e será o pontapé inicial do Circuito que conta com 11 etapas no total. Medina está escalado para entrar na água na sexta bateria do dia, contra outro brasileiro, o estreante Wiggolly Dantas, e mais um adversário convidado da competição. Claro que tudo vai depender de boas condições do mar para a disputa.

Quando entrar na água, o campeão do mundo poderá sentir de perto os efeitos do título mundial em sua carreira. Antes da disputa no Havaí, ele tinha cerca de 600 mil seguidores. Estava muito atrás da musa Alana Blanchard, surfista mais seguida até então. Só que a arrancada para a conquista provocou uma atração pelo jovem nunca vista. Em pouco tempo, ele passou a surfista e agora tem larga vantagem, sendo o surfista mais seguido do mundo no Instagram.

"Eu sempre procuro postar coisas tranquilas, que não sejam notícias para o lado ruim. Vejo o lado positivo. No Instagram, vou postando o que estou vivendo no dia a dia. Se saio de barco, posto uma foto no alto mar, ou se saio com um amigo para comer no restaurante, posto a foto com ele. Eu vou vivendo e vou postando, não tenho uma estratégia do tipo: ah, vou postar isso para repercutir aquilo", explica. "Instagram é uma diversão, eu posto as coisas que eu gosto, que estou curtindo no dia a dia", continua.

O atacante Neymar, do Barcelona, é o brasileiro com mais seguidores no Instagram, com 15, 7 milhões de pessoas. David Luiz, Daniel Alves, o lateral Marcelo e Thiago Silva vêm na sequência. Depois estão Kaká, Ronaldinho Gaúcho e o meia Oscar. Nos últimos dias, Medina ultrapassou o atacante Hulk.

Um atrativo de Medina é que ele pode colocar fotos dos lugares paradisíacos que visita nas etapas do Circuito Mundial de Surfe. São imagens de ondas, praias e retratos do seu cotidiano fora do País. Isso tudo conquista novos seguidores.

O número de curtidas nas fotos de Medina também é acima da média em comparação com as imagens de outros esportistas. O garoto de Maresias está na moda e existem dezenas de fãs-clubes e perfis com seu nome no Instagram. O próprio surfista acha graça de tudo isso. "Existem vários FCs com meu nome no Instagram, eu mesmo já acompanhei vários. Tem Neymar e Medina, Medina amor da vida e por aí vai. Isso é legal, é um carinho dos fãs", conclui.

Tudo o que sabemos sobre:
SurfeGabriel MedinaInstagram

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.