Antônio Carlos exige novo comportamento

Técnico afirma que Palmeiras precisa de mais atenção contra times considerados pequenos e cobra atletas

Daniel Akstein Batista, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2010 | 00h00

O triste fim do Palmeiras no Campeonato Paulista vai fazer com que Antônio Carlos dê uma mexida no time. Ele não dispensará ninguém, mas vai pedir um novo comportamento aos jogadores na reapresentação do elenco hoje. Sem jogos no fim de semana, a preparação será para o desafio de quinta-feira contra o Atlético-PR, pela Copa do Brasil, no Palestra Itália.

O fraco desempenho do Estadual e a má atuação da equipe tem irritado dirigentes e até o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo. Ele admite que falta mais qualidade na saída de bola e que jogadores vão chegar - o volante Marcos Assunção, do Grêmio Prudente, deve ser o primeiro. "Quando o Cleiton Xavier não joga, o time perde qualidade", admitiu Belluzzo.

Após a derrota para o Paulista na quarta-feira, por 3 a 1, Antônio Carlos avisou que vai conversar com o grupo. "Temos de melhorar muito", contou, decepcionado com a atitude da equipe em Jundiaí. "O time tem de mudar totalmente a mentalidade para o primeiro jogo contra o Atlético-PR", falou. "Contra times pequenos, a concentração tem sido diferente. Temos de encarar os adversários do mesmo jeito."

O Palmeiras deve jogar completo na quinta-feira, com a volta de Marcos, Eduardo, Danilo e Cleiton Xavier, que não atuaram contra o Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.