Peter Powell/EFE
Peter Powell/EFE

Apesar da derrota, Cesare Prandelli exalta 2.º tempo da seleção italiana

Com o resultado, a equipe deverá ter a Espanha como adversária na semifinal

AE-AP, Agência Estado

22 de junho de 2013 | 19h38

SALVADOR - A derrota para o Brasil neste sábado, por 4 a 2, em Salvador, não foi de todo ruim para a Itália na visão do técnico Cesare Prandelli. Apesar do resultado, que deu à equipe a segunda colocação do Grupo A, o treinador saiu bastante satisfeito com o desempenho de seus comandados no segundo tempo, quando marcaram duas vezes - o time brasileiro marcou três.

"No segundo tempo nós jogamos muito bem. Estou muito satisfeito com o que vi, o jeito que reagimos e tivemos desejo de atacar profundamente. Claro, contra equipes como essa (do Brasil) você sempre arrisca alguma coisa e se você comete um erro deixa que eles marquem gols", comentou.

Com o resultado, a Itália deverá ter a Espanha como adversária na semifinal, na quinta-feira, às 16 horas, em Fortaleza, e o técnico Prandelli garantiu que sua equipe está preparada para enfrentar os atuais campeões mundiais e bi da Eurocopa. "Partidas como essa fazem você crescer, e se pegarmos a Espanha vamos tentar impor nosso jogo", disse.

Prandelli ainda explicou que, para ele, a Itália "temeu" o Brasil na etapa inicial. "Tememos o Brasil um pouco no primeiro tempo e não se pode fazer isso contra um time como o Brasil. No segundo tempo jogamos de forma diferente. Mostramos personalidade e estamos satisfeitos com a reação da equipe. Estou feliz que lutamos e tentamos dificultar para eles."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.