Arquivo/AE
Arquivo/AE

Apesar da derrota, novatos do São Paulo festejam estreia

Jovens jogadores da equipe do Morumbi comemoram oportunidade de atuar em partida da Copa Libertadores

Agência Estado

16 de abril de 2009 | 13h51

O São Paulo foi vencido pelo Independiente Medellín, mas a partida na Colômbia foi motivo de alegria para três jogadores: os garotos Aislan, que teve sua primeira chance como titular num jogo pela Libertadores, e os meias Oscar e Wellington, que entraram durante a partida e estrearam em jogos pela competição.

Veja também:

linkMuricy Ramalho evita falar sobre o Corinthians

linkSão Paulo perde invencibilidade na Libertadores

tabela Copa Libertadores - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Eu já tinha entrado contra o Defensor, mas foi no finalzinho, e graças a Deus tive essa oportunidade. Foi o jogo mais emocionante pra mim porque foi a minha estreia em um jogo completo e estava me preparando muito pra isso. E espero ter cumprido o meu papel", afirmou o zagueiro, em entrevista ao site oficial do São Paulo.

Wellington entrou no intervalo no lugar de Wagner Diniz, com a missão de ajudar o time a virar o placar. Não conseguiu, mas ficou satisfeito por ter recebido um voto de confiança do técnico. "Entrei à vontade e tranquilo, isso ajudou", disse. O mesmo ocorreu com Oscar, que entrou no lugar de Eduardo Costa no segundo tempo. "É um sonho jogar a Libertadores. Isso dará mais moral à minha carreira, e estou muito feliz por ter jogado", admitiu o meia, considerado a principal estrela da geração que está subindo para o time principal.

O jogo também teve sabor especial para um dos "veteranos" do time: o zagueiro Rodrigo completou 100 jogos com a camisa do São Paulo e pela primeira vez usou a faixa de capitão. "Fiquei surpreso e muito contente por ter sido o escolhido do Muricy, porque isso mostra a confiança que ele tem em mim. Seria ainda melhor se tivéssemos conseguido a vitória, mas valeu pelo empenho da equipe", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
ftuebolSão Paulo FCCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.