Paul Vreeker/Reuters
Paul Vreeker/Reuters

Após 2 anos e 44 GPs, Rossi volta a vencer na MotoGP

Italiano largou em quarto lugar e ultrapassou Dani Pedrosa faltando 21 voltas para o fim da corrida

AE, Agência Estado

29 de junho de 2013 | 11h26

ASSEN - Após dois anos e oito meses e 44 corridas, o italiano Valentino Rossi voltou a vencer na MotoGP. Dono de nove títulos mundiais nas principais categorias da motovelocidade, o piloto surpreendeu neste sábado ao chegar em primeiro na etapa da Holanda, disputada no Circuito de Assen.

Rossi, considerado um dos melhores da história, não vencia uma corrida desde a etapa da Malásia, em outubro de 2010. Desde então, acumulou revezes, principalmente após deixar a Yamaha para defender as cores da Ducati, em 2011 e 2012. Neste ano, ele voltou à equipe anterior.

Neste sábado, Rossi largou da quarta colocação e galgou posições até ultrapassar o líder da prova, Dani Pedrosa, quando faltavam 21 voltas para o fim. Apoiado pela torcida holandesa, o italiano cruzou a linha de chegada e festejou a vitória como se fosse a primeira, junto ao alambrado do circuito.

Rossi foi seguido do espanhol Marc Marquez e do britânico Cal Crutchlow. Pedrosa segue na primeira colocação do campeonato, com 136 pontos. O espanhol é seguido pelos compatriotas Jorge Lorenzo (127) e Marquez (113).

Lorenzo, por sinal, foi outro grande destaque do dia. Submetido a uma cirurgia na clavícula esquerda na madrugada de sexta-feira, ele foi liberado pelos médicos para correr e não decepcionou. O espanhol largou em último e, em uma grande corrida de recuperação, terminou a prova em 5º lugar. Ao fim da etapa, ele não conteve as lágrimas, em razão das dores e da incrível superação demonstrada neste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.