Após apelação, sul-coreano Park disputará 400m livre

Ela foi eliminada porque queimou a largada na prova da manhã. O Comitê voltou atrás

JULIAN LINDEN, Reuters

28 de julho de 2012 | 15h22

Park Tae-hwan foi reintegrado à final dos 400 metros livre no sábado após apelar contra sua desclassificação em um início sensacional na competição olímpica de natação. Park, que se tornou um herói nacional na Coreia do Sul ao conquistar a medalha de ouro em Pequim quatro anos atrás, venceu facilmente sua bateria nesta manhã, mas foi desclassificado por queimar a largada.

Embora ele não tenha deixado seu bloco antes da hora, os fiscais apontaram que ele teria se movimentado antes do tiro de largada. A federação sul-coreana apresentou um protesto ao órgão dirigente mundial do esporte e venceu, permitindo que Park competisse na final de sábado.

É raro entre os nadadores ser readmitido após ser desclassificado, mas esse não é o único caso. Em Atenas 2004, o vencedor dos 200 metros costas foi restabelecido após vencer uma apelação contra sua desqualificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.