JuanJo Martin/EFE
JuanJo Martin/EFE

Após bronze, Felipe Lima vai às semifinais dos 50m peito no Mundial

João Gomes Jr também se classificou para a eliminatória; nadadores buscam vaga na final nesta terça

AE, Agência Estado

30 de julho de 2013 | 08h53

BARCELONA - O Brasil classificou nesta terça-feira três nadadores para as semifinais do Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Barcelona. O principal destaque se deu nas eliminatórias dos 50 metros peito, em que Felipe Lima e João Gomes Jr. avançaram e agora vão buscar uma vaga na final nesta tarde. Medalhista de bronze nos 100 metros peito, Felipe fez o segundo tempo da fase de classificação, com 27s11, atrás apenas do sul-africano Cameron Van der Burg, que marcou 26s78.

"Começamos bem. Os dois classificados para a semifinal e agora é nadar bem mais forte hoje à noite porque 50m não tem dono, não tem medalha garantida. A medalha de ontem tem um gostinho de ouro. Fiquei um pouco eufórico depois da prova, mas tinha que botar a cabeça no lugar porque ainda tenho mais coisas na competição", disse Felipe.

Já João Gomes Jr. marcou 27s39 e avançou na oitava colocação. Agora, ele vai assistir a sua prova para tentar corrigir os erros cometidos pensando nas semifinais. "Tudo tem sua hora, seu dia de acontecer. Fiquei triste por não ter entrado na final dos 100m, mas na hora já procurei apagar da cabeça pra seguir e conseguir outros bons resultados", afirmou.

O outro brasileiro a avançar às semifinais em Barcelona foi Leonardo de Deus, que marcou o sexto melhor tempo dos 200 metros borboleta, com 1min56s52. O norte-americano Tyler Clary avançou em primeiro lugar nas eliminatórias, com 1min56s03.

"Foi bom pra classificar. Dá pra melhorar bem ainda este tempo. O meu melhor tempo foi o que fiz nas eliminatórias de Xangai (Mundial de 2011), 1m55s55, mas foi a primeira queda na água e é sempre mais difícil. Agora é nadar bem essa prova à tarde pra entrar na final", disse.

Manuella Lyrio caiu nas eliminatórias dos 200 metros livre ao ficar apenas na 22ª colocação, com 1min59s52. Mesmo assim, quebrou o recorde sul-americano da prova, que era de Monique Ferreira, com 1min59s78, e vigorava desde 2009.

Felipe Lima, João Gomes Jr. e Leonardo de Deus voltam a competir nesta terça-feira, a partir das 13 horas (de Brasília), quando vão buscar a classificação para as finais do Mundial de Barcelona.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.