Dmitry Lovetsky/AP
Dmitry Lovetsky/AP

Após bronze no Pan, seleção olímpica será comandada por Dunga

Rogério Micale deve ajudar treinador a fazer lista da Olimpíada

MARCIO DOLZAN, Enviado Especial a Toronto, Estadão Conteúdo

26 de julho de 2015 | 16h29

Após ficar com o bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, a seleção olímpica brasileira agora passará definitivamente para as mãos do técnico Dunga. O treinador da equipe principal já está formatando uma lista com 30 jogadores visando a Olimpíada do Rio, em 2016, mas esta lista poderá ser incrementada a partir de informações do técnico Rogério Micale. O técnico que comandou o time no Pan, aliás, poderá seguir à beira do gramado, mas terá de orientar o time de acordo com a filosofia de jogo de Dunga.

A informação foi dada pelo próprio Micale, que irá se reunir com Dunga na próxima semana para apresentar um relatório do desempenho no Pan e afinar o trabalho com o treinador da equipe principal a partir de agora.

"Vou passar um relatório completo de tudo o que aconteceu aqui, do desempenho de cada atleta. Isso vai ser levado ao Dunga. Ele já tem um grupo, uma pré-lista, e dentro dessas informações nós abrimos o leque", afirmou Micale.

Vale ressaltar que o time que esteve no Pan dificilmente terá algum representante na Olimpíada. Ele foi formado basicamente por jogadores que atuam no Brasil, sendo que muitos clubes não liberaram atletas pré-convocados. Além disso, o time não contou com nenhum atleta vice-campeão mundial sub-20. E a lista foi feita ainda pelo técnico Alexandre Gallo, demitido pela CBF há cerca de dois meses.

"Agora é que é o início do meu trabalho", afirmou Micale. Ele, porém, terá pouco poder de decisão sobre quem será convocado. "O Dunga é o treinador. Na verdade eu sou só um fornecedor de informação. Vou estar conversando com ele tudo o que eu vi, tudo que eu participei, toda a experiência que eu tive internamente nessa competição, a reação de cada um e formar um relatório", insistiu o treinador.

Micale será o técnico do time olímpico nas datas Fifa - ocasião em que Dunga estará dirigindo o time principal. Ele ficará no banco e orientará a equipes escolhida pelo técnico da seleção. "A convocação é do Dunga. Ele convoca, eu dirijo", sentenciou Micale.

"Tenho uma característica, que a princípio vai ser adequada à característica do Dunga. Nós queremos justamente alinhar essa questão de metodologia. Vou fazer um trabalho voltado para aquilo que o Dunga quer como conceito de jogo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.