Khaled Desouki/AFP
Khaled Desouki/AFP

Seleção brasileira volta a marcar um gol de falta após cinco anos

Philippe Coutinho encerra jejum em jogo contra a Coreia do Sul. Último gol tinha sido de Neymar

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de novembro de 2019 | 12h11
Atualizado 19 de novembro de 2019 | 15h40

A seleção brasileira encerrou um jejum de cinco anos sem marcar um gol de falta em amistoso contra a Coreia do Sul, no Estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dabi. O autor do gol foi o meia Philippe Coutinho, aos 35 minutos do primeiro tempo na vitória por 3 a 0 sobre a Coreia do Sul, nesta terça-feira.  A cobrança acertou em cheio o ângulo direito do goleiro coreano. Foram 72 jogos sem um gol de falta da equipe nacional.

O último gol de falta anotado pela seleção havia sido de Neymar, em amistoso contra a Colômbia no dia 05 de agosto de 2014, logo após a Copa do Mundo realizada no Brasil. O gol garantiu a vitória por 1 a 0 sobre os colombianos, em Miami.

A partida contra a Coreia do Sul marcou o encerramento do calendário da seleção brasileira em jogos oficiais. Em março, o time comandado por Tite retorna aos gramados para mais dois amistosos antes de iniciar as Eliminatórias para a Copa de 2022.

Na partida desta terça-feira o atacante não esteve presente, já que ele se recupera de lesão muscular na coxa esquerda sofrida em jogo da seleção contra a Nigéria, no dia 13 de outubro.

Além de quebrar o jejum de gols de falta, a equipe também voltou a vencer após a conquista do título da Copa América, disputada no País, em julho deste ano.

O time comandado por Tite disputou cinco amistosos desde então, com derrotas para Peru (1 a 0) e Argentina (1 a 0), e empates contra Colômbia (2 a 2), Senegal (1 a 1) e Nigéria (1 a 1).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.