Butch Dill/AP
Butch Dill/AP

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Após correr risco de ter perna amputada, jogador da NFL recebe alta de hospital

Em 29 de outubro, na derrota do Bears para o New Orleans Saints, Zach Miller saltou para recepcionar passe e caiu de mal jeito sobre a perna esquerda

Estadão Conteúdo

21 Novembro 2017 | 16h50

Pouco mais de três semanas depois de protagonizar um verdadeiro susto e correr o risco de ter a perna amputada, o jogador Zach Miller, tight end do Chicago Bears na NFL (principal liga de futebol americano dos Estados Unidos), anunciou que recebeu alta médica e já descansa em casa.

Foram 23 dias de agonia no hospital em Nova Orleans até a liberação. E o jogador celebrou através das redes sociais. "Liberdade! Adivinhem quem está em casa? Dia por dia", escreveu em sua página no Twitter.

No dia 29 de outubro, na derrota do Bears para o New Orleans Saints por 20 a 12, fora de casa, Miller saltou para recepcionar um longo passe de Mitchell Trubisky para um touchdown e caiu de mal jeito sobre a perna esquerda na aterrissagem. A queda fez sua perna dobrar para trás e o jogador imediatamente foi ao chão sentindo muitas dores.

Em um primeiro momento, os médicos consideraram que se tratava apenas de um deslocamento de joelho. Mas exames mais detalhados mostraram que o lance gerou rupturas de ligamentos e, mais do que isso, uma séria lesão na artéria poplítea, o que fez com que Miller fosse imediatamente encaminhado para uma delicada cirurgia.

A franquia garantiu que a cirurgia foi realizada com sucesso, mas a gravidade do problema fez com que fosse necessário aguardar os dias seguintes para ver como o corpo de Miller responderia ao procedimento. Por isso, a possibilidade de amputação não foi imediatamente descartada. Agora, porém, o jogador pôde celebrar o retorno para casa.

 

Mais conteúdo sobre:
Futebol Americano

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.