Após decepção, atletas do remo vão lutar por vaga em Pequim

Equipes do Brasil terminaram em último lugar nas finais da modalidade realizadas nesta quarta

Vinícius Saponara, estadao.com.br

18 de julho de 2007 | 13h08

A quarta-feira é um dia para o remo brasileiro esquecer nestes Jogos Pan-Americanos do Rio - nas duas finais com equipes do País na disputa, no Estádio de Remo da Lagoa Rodrigo de Freitas, duas decepções com o último lugar em cada prova. Mas o pensamento agora dos atletas é conseguir uma vaga para as Olimpíadas de Pequim, na China, no ano que vem.   Veja também:    Confira o quadro de medalhas do Pan 2007    Conheça os detalhes das modalidades em disputa   "Demos o melhor, mas elas foram melhores. Largamos bem, mas caímos muito no final e não deu. Estávamos no mesmo nível de todas, só atrás de Cuba . O negócio agora é treinar para o Pré-Olímpico, que será em novembro, aqui no Rio", disse Camila Carvalho, uma das competidoras do Double Skiff Peso Leve. Sua companheira, Luciana Granato, também muito chateada, preferiu não falar com a imprensa.   Esperança de medalha no Quatro Sem Timoneiro, a equipe masculina chegou em último lugar entre os seis participantes e, minutos após a decepcionante prova, já foi treinar para as competições de quinta, quando tentarão se redimir.   Nenhum dos quatro remadores - Renan Castro, Alexandre Ribas, Leandro Tozzo e Gibran Cunha - quiseram conversar com os jornalistas.   A equipe do Brasil obteve um tempo de 6min27s01. O vencedor foi o barco da Argentina, com Horacio Sicilia, Maximiliano Martinez, Joaquin Iwan e Diego Lopez. Eles fizeram o percurso em 6min11s59.   Ouro cubano   Os remadores cubanos Janier Concepcion e Yoennis Hernandez venceram a prova do double skiff masculino.   Concepcion e Hernandez fecharam a regata com um tempo de 6min35s59, enquanto a prata ficou com os argentinos Rodrigo Murillo e Ariel Suarez, com um tempo de 6min39s06.   O bronze foi para os americanos McEachern e Francis Cuddy, com um tempo de 6min39s12. O quato lugar foi para a dupla uruguaia Emanuel Bouvier e Jhonatan Esquivel, seguido dos venezuelanos e dos peruanos.   (Com Efe)

Tudo o que sabemos sobre:
Pan 2007remo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.