Após denúncia de doping, Maratona de Boston premia nova vencedora de 2014

Rita Jeptoo, a atleta do Quênia de 35 anos, foi flagrada no doping

Agência Estado, Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2016 | 23h19

A organização da Maratona de Boston oficializou nesta segunda-feira a vitória da etíope Buzunesh Deba na edição de 2014 da tradicional prova norte-americana. A corredora foi declarada como vencedora somente agora porque herdou o título da queniana Rita Jeptoo, que perdeu o resultado por causa de doping.

Jeptoo teve o triunfo cassado há dois meses, quando a Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) puniu a atleta com quatro anos de suspensão. A punição inicial era de apenas dois anos, o que não alcançava a maratona disputada em abril de 2014.

A atleta do Quênia, de 35 anos, foi flagrada com EPO em sua amostra de sangue recolhida em setembro daquele ano, enquanto treinava para a Maratona de Chicago. Ela também perdeu o título desta corrida americana.

Com o resultado cassado de Jeptoo, Buzunesh Deba não herdou apenas a vitória em Boston. Ela também ficou com o recorde da prova, de 2h19min59s.

"Eu me sinto ótima e muito feliz ao ser nomeada a campeã da Maratona de Boston de 2014, a mais prestigiada maratona do mundo, e eu encorajo todos os organizadores a continuarem lutando a favor do esporte limpo", declarou Deba, que mora em Nova York.

Tudo o que sabemos sobre:
AtletismoQuêniaNova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.