Após derrota, França desiste da candidatura olímpica

O Comitê Olímpico da França anunciou nesta terça-feira que desistiu dos planos de candidatura de Paris para receber a Olimpíada de 2020. A decisão foi resultado direto da derrota da cidade francesa Annecy na eleição para sede dos Jogos de Inverno de 2018, que foi vencida na semana passada pela sul-coreana Pyeongchang.

AE-AP, Agência Estado

12 de julho de 2011 | 12h49

Annecy teve uma derrota até humilhante na eleição do Comitê Olímpico Internacional (COI), semana passada, em Durban, na África do Sul. Recebeu apenas sete votos, enquanto Pyeongchang venceu com 63 votos e a alemã Munique ficou em segundo lugar, com 25.

Nesta terça-feira, após fazer uma reunião em Paris para avaliar a candidatura frustrada de Annecy, o Comitê Olímpico da França divulgou um comunicado oficial em que diz que "não haverá candidatura para a Olimpíada e a Paraolimpíada de 2020".

A entidade, porém, deixou aberta a possibilidade de promover uma candidatura de Paris para a Olimpíada de 2024, que teria o apelo de comemorar os 100 anos dos Jogos Olímpicos de 1924, realizados na capital francesa.

Para os Jogos de 2020, as candidaturas devem ser inscritas no COI até o dia 1º de setembro, sendo que a eleição está marcada para 2013. Até agora, apenas Roma anunciou oficialmente que está na disputa, mas Madri, Tóquio e Istambul também devem concorrer.

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadaFrançaCOI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.