Após discussão, Jamelli é demitido

O clima festivo de fim de ano passou longe da Vila Belmiro. O gerente de futebol do Santos, Paulo Jamelli, foi demitido ontem por desavenças com a diretoria. A decisão foi do presidente Luís Álvaro de Oliveira.

, O Estado de S.Paulo

30 de dezembro de 2010 | 00h00

Jamelli já estava ameaçado no cargo - no início do ano, entrou em atrito com alguns jogadores por causa dos "bichos" dos jogos (o valor pago pelas vitórias era muito pequeno, de acordo com o elenco). Agora, a confusão se deu por causa das contratações.

O ex-jogador não gostou de saber que foram realizados acordos no período em que ele estava de férias, viajando. Na última semana, o Santos fechou com o goleiro Aranha, do Atlético-MG, o volante Charles e o lateral-direito Jonathan, ambos do Cruzeiro, e Jamelli nem foi consultado sobre os atletas.

Na terça-feira, Jamelli discutiu com outros diretores do clube e ontem, durante reunião, foi decidida a sua demissão. Fernando Silva, assessor da presidência, deve assumir o cargo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.