Após dois meses de recuperação, Vitor Belfort está de volta ao UFC

Afastado por contusão, lutador volta aos treinos de olho no título mundial

O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2012 | 14h55

SÃO PAULO - As vésperas da luta mais esperada da final do reality The Ultimater Figther, contra Wanderley Silva, pelo UFC 147, Vitor Belfort apresentou uma lesão na mão esquerda. O deslocamento do metacarpo durante o treinamento lhe custou a participação no evento, sendo substituído pelo americano Rich Franklin. Dois meses depois, recuperado, Belfort já tem seu próximo compromisso marcado. Ele viaja para os Estados Unidos no início de agosto para intensificar sua prepação para a 153.ª edição do Ultimate Fighting Championship, mais uma vez no Rio de Janeiro, ao lado de sua torcida. O adversário da vez é Alan Belcher.

Focado na disputa, o objetivo do brasileiro é chegar ao cinturão dos pesos médios, e mesmo após declarações em que dizia querer enfrentar o principal candidato ao título, Chris Weidman, ele se diz concentrado no seu compromisso. "O Belcher é um cara muito duro também, bom em todos os fundamentos. É um dos principais nomes da categoria. Meu caminho até a disputa do cinturão passa por ele, então é nele que estou focado agora."

Belfort destacou a grandeza da luta. "Acredito que quem vencer terá todas as condições de desafiar o campeão." Sobre uma condição física, garante: "já estou liberado para lutar e a partir de agora é tomar normalmente os treinamentos. Minha preparação será a mesma. Tenho certeza de que estarei 100% para a próxima luta." O UFC 153 acontecerá em 13 de outubro, no Rio de Janeiro.

 

Tudo o que sabemos sobre:
UFCUFC 153Vitor Belfort

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.