Após eliminação, técnico Tita deixa o comando do Vasco

O treinador Tita pediu demissão do Vasco após a derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, na noite de quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. Com o resultado no Palestra Itália, o clube carioca foi eliminado da competição continental."Eu quero agradecer ao Roberto Dinamite [presidente do clube], que foi quem me deu esta oportunidade, e só tenho que agradecer também aos jogadores, que foram profissionais. Mas nós temos atletas que não tem condição nenhuma de jogar no Vasco e eu sou obrigado a dar um passo atrás", disse Tita em rápida entrevista para anunciar sua saída.O treinador deixa o comando vascaíno com a equipe com o time na beira da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, em 16º lugar. Em entrevista, Dinamite afirmou que nem o interino para o confronto de domingo contra o próprio Palmeiras pelo Brasileirão foi definido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.