Após ganhar maratona no domingo, russo é desclassificado pela IAAF

Mesmo com a Federação Russa de Atletismo (ARAF, na sigla em russo) tendo sido suspensa na sexta-feira, Viktor Ugarov correu no domingo a Maratona de Kanazawa, no Japão, faturando o título da prova. Nesta terça-feira, a Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF) anunciou a desclassificação do atleta.

Estadão Conteúdo

17 de novembro de 2015 | 12h45

A alegação da IAAF é que, com a ARAF suspensa, os atletas russos não poderiam participar de nenhuma prova internacional a partir de sexta-feira. "Os organizadores estão desqualificando seu resultado e o nenhuma bolsa ou premiação será paga", explicou a IAAF.

Ainda de acordo com a entidade máxima do atletismo, a ARAF será avisada para iniciar procedimento disciplinar contra Ugarov. Também no domingo, os organizadores da Maratona de Saitama, também no Japão, impediram que a russa Tatyana Arkhipova, medalhista olímpica, participasse da prova por causa da suspensão.

PAINEL - Também nesta terça, a IAAF anunciou os nomes que faltavam para compor o painel que vai monitorar os esforços da Rússia para restabelecer a ARAF. O grupo, comandado pelo especialista antidoping norueguês Rune Andersen vai contar também com o canadense Abby

Hoffman, a italiana Anna Riccardi, namibiano Frank Fredericks e o australiano Geoff Gardner.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismodopingIAAFRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.