Após goleada com reservas, Zé Ricardo promete 'precauções' na Libertadores

Mesmo jogando com uma equipe reserva, o Flamengo teve vida fácil para vencer a Portuguesa, sábado à noite, em Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca. Com três gols de Leandro Damião, atropelou por 5 a 1, deixando contente o técnico Zé Ricardo. Ele, entretanto, não se acomoda.

Estadao Conteudo

12 de março de 2017 | 12h34


"Estamos trabalhando muito para que o Flamengo tenha uma essência e uma maneira de jogar e é importante criar opções no elenco. Isso está no DNA do time, todos trabalhando forte. Amanhã (domingo) já temos treino para nos prepararmos para o jogo de quarta-feira", comentou.


O duelo de quarta é contra a Universidad Católica, no Chile, pela Copa Libertadores. Depois de fazer quatro gols no San Lorenzo e cinco na Portuguesa, Zé Ricardo planeja um time não tão ofensivo diante do rival chileno.


"Sem dúvida vai ser um jogo dificílimo, é uma equipe muito comprometida, não desiste em nenhum momento. Temos que entrar com atenção máxima lá e trabalhar para conseguir fazer um jogo com concentração, comprometimento e também intensidade. O Flamengo não vai fugir das suas características, mas vai tomar precauções por enfrentar um adversário fora de casa", admitiu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.