Após gols, Fred curte boa atuação com torcida em hotel

Jogadores tiraram dia de folga após a vencer a Itália por 4 a 2

ROBSON MORELLI - Enviado especial, Agência Estado

23 de junho de 2013 | 13h29

SALVADOR - Os jogadores da seleção brasileira se apresentaram ao técnico Luiz Felipe Scolari ao meio-dia deste domingo. A maioria tirou o dia de folga após a vitória por 4 a 2 sobre a Itália para ficar com seus familiares. O hotel onde a delegação está hospedada em Salvador teve uma manhã agitada com a presença dos atletas, que normalmente ficam enfurnados em seu quartos ou em áreas restritas e reservadas. O clima era de muita festa e tranquilidade. Um grupo de torcedores também se posicionou do lado de fora do hotel, que dá para a praia. Um tapume amarelo foi colocado para dar mais privacidade ao elenco.

Fred era o mais requisitado. O atacante mudou o astral depois do dois gols feitos contra os italianos. Atendeu a todos com muita simpatia. Praticamente ele colocou o Brasil no jogo de Belo Horizonte, cidade onde morou quando defendeu o América Mineiro e o Cruzeiro. O atacante disse que não vê a hora de reencontrar sua filha, de quem está longe há 25 dias.

Enquanto Fred dava autógrafos para os hospedes, Lucas e Marcelo brincavam com o jogador já em seus quartos. De modo geral, os companheiros reconheceram a importância do jogador do Fluminense para a seleção e o carisma que ele já tem no grupo. Fred estava meio chateado porque não marcou gols contra Japão e México. Sua intenção era fazer um gol por partida. Na somatória, ainda está devendo um. Mas os gols em fizeram com que o atacante voltasse a sorrir.

A delegação embarca na tarde deste domingo para Minas Gerais para resolver o penúltimo capítulo da Copa das Confederações, provavelmente diante do Uruguai, um adversário duro e de muita tradição. O Uruguai joga neste domingo com o fraco Taiti, que tomou 10 gols das Espanha. Para o confronto da semifinal, Felipão deverá voltar com o time base, com Paulinho no lugar de Hernanes, e David Luiz no lugar de Dante. A seleção joga quarta-feira no Mineirão, já com todos os ingressos vendidos par este jogo.

MERCADO

Nos bastidores, o goleiro Julio Cesar ainda vive a expectativa de assinar com a Roma, da Itália, embora ainda não tenha nada confirmado. Ele é jogador do Queen Park Rangers. E Bernard, do Atlético-MG, que entrou no segundo tempo da partida contra a Itália, negocia com Porto e Shakhtar Donetsk, para onde foi seu colega Fernando, do Grêmio. O Tottenham teria desistido do negócio. O presidente do clube mineiro, Alexandre Kalil, pede 25 milhões de euros pelo atacante de "pernas alegres", como disse Felipão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.