Tania Moura/CBAt
Tania Moura/CBAt

Após grande temporada, Almir Junior busca afirmação no salto triplo

Esperança brasileira alcançou a terceira melhor marca do mundo no ano passado

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

17 Janeiro 2019 | 04h30

Após uma grande temporada em 2018, com o vice-campeonato mundial (indoor) e o terceiro melhor salto do mundo (outdoor), Almir Junior inicia sua segunda temporada como atleta do salto triplo. O ano de 2019 terá como principal foco os Jogos Pan-Americanos de Lima, entre julho e agosto, e o Campeonato Mundial de Atletismo, em Doha, entre setembro e outubro. "Eu me sinto treinando bem, muito bem e espero um ótimo início de temporada", afirmou o atleta da Sogipa.

Sua primeira prova será nos dias 19 e 24 de janeiro no Circuito de Verão, que será realizado pela Federação Gaúcha de Atletismo. "Estou trabalhando duro, mas com muita calma e cuidados para reforçar as minhas carências e potencializar mais ainda as fases boas do meu salto. Muita humildade e resiliência  para encarar essa que será uma grande temporada e uma temporada grande", avalia.

Em fevereiro, Almir embarca para os Estados Unidos para participações no circuito norte-americano indoor. Ele vai participar de três meetings Internacionais. Em seguida, ele volta ao Brasil para as etapas dos meetings IAAF Series (EUA e Europa) e Golden Liga (Europa). No segundo semestre, o Pan de Lima e o Mundial em Doha. 

Uma das principais esperanças do atletismo brasileiro para os Jogos de Tóquio, Almir Junior alcançou a terceira melhor marca do ano com o salto de 17,53 m no Meeting de Guadalupe, disputado na França, em maio. O salto valeria medalhas de bronze nas três últimas edições do Campeonato Mundial de Atletismo e ainda um terceiro lugar nos Jogos Olímpicos de Londres. "Estou feliz pelo apoio incondicional de meu clube, patrocinadores e do meu grupo interdisciplinar, pois ninguém faz nada sozinho", afirmou o atleta.

Mais conteúdo sobre:
Almir Junioratletismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.