Após intervenção, CBR tem novo presidente

Após três meses e meio de intervenção, a Confederação Brasileira de Remo tem novo presidente: Wilson Reeberg, eleito ontem no Rio. Ele obteve voto de sete das oito federações aptas a participar da eleição - seis não constavam do processo eleitoral por não atenderem a requisitos estatutários. Sady Berber e Rodney Araújo, que concorriam ao cargo, nem sequer compareceram à assembleia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.