Após inundação, sede do COI retoma expediente normal

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta quinta-feira que retomou o expediente normal em sua sede, na cidade suíça de Lausanne, depois da inundação que comprometeu os serviços no prédio na segunda-feira. Um problema no encanamento cortou o fornecimento de energia elétrica e prejudicou a comunicação da entidade.

AE, Agência Estado

15 de novembro de 2012 | 15h17

Quatro dias após o episódio, a sede voltou a ter energia elétrica e pôde ser reaberta parcialmente. Mas só deverá estar funcionando plenamente daqui a algumas semanas, informou o porta-voz do COI, Mark Adams. "Todos os computadores estão funcionando agora, mas o prédio novo precisará de mais tempo até ganhar móveis novos", explicou.

O anexo novo da construção foi o mais atingido pela inundação. O avanço da água no prédio prejudicou o sistema elétrico, os telefones e servidores de informática, além de alguns arquivos de menor importância.

A inundação obrigou os funcionários a trabalharem somente no prédio antigo da instituição, enquanto o novo permanecerá fechado para receber reparos nas próximas semanas. Por essa razão, a reunião do Conselho Executivo do COI, que será realizado nos dias 4 e 5 de dezembro, deverá ser transferida para um hotel de Lausanne.

Tudo o que sabemos sobre:
COIsedeinundação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.