Após novo fracasso, Isinbayeva fala em tirar férias

A russa Yelena Isinbayeva decepcionou novamente. Assim como já tinha acontecido no Mundial de Atletismo de Berlim (ao ar livre), em agosto do ano passado, ela não conseguiu chegar ao pódio do Mundial Indoor, neste domingo, em Doha, no Catar. Diante do novo fracasso, a bicampeã olímpica e recordista mundial do salto com vara admitiu que pode parar de competir por um tempo, tirando férias no restante da atual temporada.

AE, Agencia Estado

14 de março de 2010 | 15h08

Isinbayeva domina completamente a prova do salto com vara desde 2004, colecionando seguidos títulos e recordes. Mas não conseguiu confirmar tamanho favoritismo neste domingo, quando atingiu apenas 4,60 metros, bem abaixo de sua melhor marca indoor (5,00 metros). Assim, ela ficou com o modesto quarto lugar no Mundial de Doha - a medalha de ouro foi para a brasileira Fabiana Murer, com 4,80 metros.

Sem esconder o abatimento e uma certa perplexidade com o novo fracasso, Isinbayeva não conseguiu explicar a razão de seu desempenho abaixo da média neste domingo. "Talvez, após Berlim, eu não tenha feito uma análise correta. Talvez sejam problemas psicológicos. Talvez eu esteja cansada", contou a russa de 27 anos. "Pode ser que eu descanse pelo resto da temporada."

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoMundial IndoorIsinbayeva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.