Após punição e acidente polêmico, Rossi diz já trabalhar para prova em Valência

Após declarar que poderia até ficar fora da última etapa da temporada 2015 da MotoGP em protesto contra a punição imposta a ele por causa de um polêmico acidente na prova da Malásia, no último fim de semana, Valentino Rossi parece ter voltado atrás na sua declaração e garantiu que já iniciou a sua preparação para a corrida em Valência.

Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2015 | 10h41

"Obrigado a todos pelo grande apoio, ler vocês me ajudou a superar a amargura e a chateação. A partir de hoje estou trabalhando para Valência", escreveu Rossi em seu perfil no Twitter, garantindo que participará da última prova do campeonato, marcada para 8 de novembro.

Rossi está envolvido em uma briga acirrada com o espanhol Jorge Lorenzo pelo título da temporada 2015 da MotoGP, mas um acidente com Marc Márquez, também da Espanha, no último fim de semana, durante a etapa da Malásia, acabou por ofuscar essa disputa.

Na sétima volta da prova malaia, no circuito de Sepang, Rossi atingiu Márquez com o joelho esquerdo em uma disputa de posição, o que provocou a queda e o abandono do espanhol. O italiano concluiu a corrida na terceira colocação, mas posteriormente foi punido e terá que largar na etapa de Valência na última colocação.

Rossi chega para a corrida em Valência na liderança do campeonato com 312 pontos e sete de vantagem para Lorenzo. Diante desse cenário o italiano precisa de um segundo lugar para garantir o título da MotoGP sem depender do resultado do espanhol. Para isso, porém, terá que realizar uma impressionante prova de recuperação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.