Após recordes e polêmica, Phelps volta às piscinas na 6a-feira

Michael Phelps voltará a competir na sexta-feira pela primeira vez desde sua histórica participação nos Jogos Olímpicos de Pequim, quando estabeleceu o recorde de oito medalhas de ouro conquistadas.

STEVE KEATING, REUTERS

14 de maio de 2009 | 18h27

No Grand Prix de Charlotte, o nadador norte-americano dará as primeiras indicações das provas que pretende nadar para conquistar mais medalhas em Londres-2012.

"Vou apenas cair na água e ver o que acontece", disse um reservado Phelps a repórteres na véspera da competição. "Não tenho ideia de como vou me sair."

"Tenho treinado há oito semanas, perdi bastante peso e veremos onde estou nesse momento e o que vamos precisar fazer."

Mesmo após o maior período de férias de sua carreira, Phelps deve conseguir voltar à forma antes de recuperar a imagem. O nadador, de 23 anos, foi fotografado em uma festa inalando em um tubo usado para fumar maconha, e recebeu uma suspensão de três meses da federação de natação dos EUA por seu comportamento inadequado.

"Cometi um erro estúpido, e vou aprender com isso", disse ele. "A guarda precisa estar sempre alta. Em qualquer lugar que vou eu preciso estar alerta em tudo ao meu redor. Comecei a fazer isso cada vez mais ultimamente."

"Estou sempre olhando para ver o que está ao meu redor, quem está fazendo o que, não importa quem, se eu conheço ou não", acrescentou.

Phelps vai disputar cinco provas no fim de semana -- 50m, 100m e 200m livre, 100m borboleta e 100m costas.

Dessas, ele nadou apenas os 200m livre e os 100m borboleta em Pequim. Acredita-se que os 100m costas e os 100m livre estão nos planos de Phelps para Londres.

O técnico Bob Bowman não confirmou quais provas Phelps deve nadar na próxima Olimpíada, mas disse que elas já foram definidas.

"Há uma lista de objetivos para 2012, e como sempre eles são particulares", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
NATACAOPHELPSVOLTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.