Após ser eleita atleta do ano, Rafaela Silva defende título na Geórgia na sexta

Judoca disputa Grand Prix de Tbilis até domingo

O Estado de S.Paulo

30 de março de 2017 | 17h18

Um dia após ser eleita a melhor atleta do País em 2016, ano em que faturou a medalha de ouro nos Jogos do Rio, Rafaela Silva conheceu nesta quinta-feira o caminho que percorrerá no Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia. A brasileira é a atual campeã da competição que será disputada de sexta-feira até domingo.

Além de Rafaela Silva, o Brasil será representado por outros 14 judocas no evento na Geórgia. A campeã olímpica na categoria até 57kg iniciará a sua participação diante da vencedora do combate entre Khulan Tseregbaatar, da Mongólia, e Mariam Tsikhelashvili, da Geórgia.

Outros destaques brasileiro na sexta-feira são Stefannie Koyama (48kg), campeã do Grand Slam de Baku, que vai estrear contra a britânica Kimberley Renicks, e Érika Miranda, a cabeça de chave número 1 na categoria até 52kg, que lutará com a britânica Chelsie Giles ou a casaque Guldana Almukhanbetova.

Entre os homens, Phelipe Pelim (60kg) estreará contra Abylaikhan Sharatov (Casaquistão), Charles Chibana (66kg) vai encarar Strahinja Buncic (Sérvia) e Daniel Cargnin (66kg) lutará contra Tornike Nagliashvili (Geórgia).

No sábado, o judô brasileiro será representado por Victor Penalber (81kg), Mariana Silva (63kg), Yanka Pascoalino (63kg) e Maria Portela (70kg). Já no domingo, lutarão Maria Suelen Altheman (+78kg), Gustavo Assis (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Luciano Corrêa (100kg) e David Moura (+100kg).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.