Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Marcus Vinícius, do tiro com arco, é recebido com festa no Rio

Brasileiro conquista o título inédito do Mundial cadete (até 17 anos)

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

17 de junho de 2015 | 13h25

Após conquistar o título inédito do Mundial cadete (até 17 anos) de tiro com arco, disputado em Yankton, nos Estados Unidos, o brasileiro Marcus Vinícius D''Almeida foi recebido com festa durante o desembarque no aeroporto do Galeão, no Rio, nesta quarta-feira. Além do ouro, Marcus Vinicius conseguiu o bronze por equipes, ao lado de Jhonata Lopes dos Reis e Marcelo da Silva Costa Filho, o melhor resultado na história do País.

Os três foram recebidos por familiares e companheiros do Clube Íris, de Maricá, na região dos Lagos, onde foram revelados. Cerca de 20 pessoas festejaram a chegada dos atletas com faixas e cartazes. "Acho que o prestígio que damos a eles é bom para cada vez que saírem, voltarem com medalha", disse Lugui Barroso da Cruz, 17, companheiro do Íris. "Também vou chegar lá. Estou treinando para da próxima vez poder ir com eles."

"Um bom resultado do Marquinhos a gente já esperava", prosseguiu Lugui, "mas o Jhonata e o Marcelinho foram muito bem para o primeiro mundial que disputaram." Para Helaine dos Reis, o resultado de seu filho Jhonata já era esperado. "Ele praticamente come o arco. Tem muito objetivo."

A mãe de Marcelo, Virgínia do Nascimento, mira voos mais altos para o trio. "Além do individual, veio o bronze por equipe, que é um sinal de que os meninos estão muito bem. Nos dão esperança não só para a Olimpíada de 2016, como para 2020 (em Tóquio)", projetou.

Depois de falar com os pais, irmãs e amigos, Marcus Vinicius comentou o resultado. "A equipe não deixa a desejar, só perdemos para a Coreia (na semifinal), que é uma referência do esporte", afirmou. "Estou embalado para o Pan-Americano. Agora é treinar e treinar."

Passado o título mundial, o atleta volta a se concentrar na categoria adulto em preparação para o Pan-Americano de Toronto. Por isso, não vai ter muito tempo para descansar. Ainda nesta semana, inicia um período de treinos em Saquarema antes de embarcar novamente, para a competição continental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.