Após visita, COI exalta candidatura de Madrid para 2020

Ao fim da visita de quatro dias à Madri, o Comitê Olímpico Internacional (COI) não poupou elogios à capital espanhola, uma das três candidatas a sede dos Jogos de 2020. Presidente da Comissão de Avaliação do COI, Craig Reedie disse nesta quinta-feira que ficou "impressionado" com o que viu em sua passagem pela cidade.

AE, Agência Estado

21 de março de 2013 | 16h01

Reedie descreveu o projeto madrilenho como "muito sólido e profissional", apesar dos questionamentos sobre as condições econômicas da Espanha para receber um evento de tal magnitude. Afetado pelo momento ruim da economia europeia, o país enfrenta a segunda recessão em apenas três anos.

O líder da Comissão, contudo, disse acreditar que o evento esportivo seja "realizável" por causa do custo relativamente baixo para realizar as obras de infraestrutura. A maior parte já está pronta para Olimpíada. Os espanhóis estimam gastar cerca de US$ 1,9 bilhão para receber o evento. Para efeito de comparação, Pequim gastou aproximadamente US$ 42 bilhões para sediar os Jogos em 2008.

A visita à Madri faz parte do périplo do COI pelas cidades candidatas a receber a Olimpíada em 2020, logo após os Jogos do Rio, em 2016. Na semana passada, a Comissão foi até o Japão. Na sequência, eles visitarão Istambul, a terceira e última candidata a sediar o grande evento esportivo.

Tudo o que sabemos sobre:
Olimpíada de 2020COIMadrid

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.