Apresentação do Rio a Jogos de 2016 é bem-recebida nos EUA

Governador do Rio de Janeiro afirma que 'orçamento da candidatura Rio 2016 é completo, honesto e realista'

EFE,

27 de março de 2009 | 03h21

Todd Pierson/EFE

Presidente do COB, Nuzman, ao lado do Ministro dos Esporte, Orlando Silva, o governador do Rio, Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes

DENVER - A apresentação técnica da candidatura do Rio de Janeiro para sediar os Jogos Olímpicos de 2016 foi bem-recebida nesta quinta-feira (horário de Brasília) em Denver, nos Estados Unidos, onde recebeu aplausos de membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) e diversas outras pessoas também ligadas ao esporte.

Ao evento, compareceram representando o Rio nomes como o ministro do Esporte, Orlando Silva, o governador Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes e Adriana Behar, medalhista olímpica de vôlei de praia.

Entre o que foi mostrado aos presentes está um sobrevoo geral das quatro regiões cariocas previstas para receber os Jogos - Maracanã, Copacabana, Deodoro e Barra da Tijuca -, que mostra onde ficará cada instalação esportiva."É um projeto real. Nos últimos anos, os três níveis de Governo têm trabalhado para que a infraestrutura esportiva do Rio de Janeiro coincida com a paixão do povo brasileiro pelo esporte", disse Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Rio 2016, ao abrir a apresentação.

Uma integração entre a Copa do Mundo de 2014 e o Rio 2016 focou o discurso de Eduardo Paes, que destacou as melhorias que, segundo ele, já vêm sendo feitas na cidade."Estamos desenvolvendo projetos de transporte, segurança e meio ambiente. Vamos modernizar o aeroporto e a região portuária. Tudo isso está ligado à candidatura olímpica", contou Paes na conferência.

Já Cabral apresentou dados sobre a força da economia brasileira no mercado de marketing, na exploração de petróleo e na exportação de alimentos."No momento de crise financeira atual, ninguém quer problemas de orçamento. Por isso, o orçamento da candidatura Rio 2016 é completo, honesto e realista", afirmou Cabral.

Tudo o que sabemos sobre:
EUARioJogos OlímpicosJogos de 2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.